Convergência universal na condução da política econômica: a utilização do tripé macroeconômico em algumas experiências latino-americanas

  • Luciana Rosa de Souza

Resumen

A partir dos anos 2000, os estudos sobre políticas econômicas aplicadas nos países da América Latina demonstram haver certa convergência na condução destas políticas, sobretudo pela utilização do chamado tripé macroeconômico. Discutiremos o papel da política econômica aplicada na região, respeitando o enfoque de políticas públicas comparativas, pela ótica da convergência. O artigo será dividido em duas partes (além da introdução e das considerações finais). Na primeira, discutiremos os aspectos históricos relacionados ao surgimento do tripé macroeconômico no bojo do Novo Consenso Macroeconômico (NCM). Na última parte, apresentaremos as experiências latino-americanas acerca do uso do tripé macroeconômico. A questão central é: há uma convergência ‘universal’ na política econômica aplicada na América Latina?

Biografía del autor/a

Luciana Rosa de Souza

Docente e investigadora de la Universidad Federal de São Paulo,en las áreas de Economía del Bienestar Social, Estado y Políticas Públicas y estudios de AméricaLatina. Tiene postdoctorado en estudios latinoamericanos en la Universidad Libre de Berlín (Alemania), doctorado en Desarrollo Económico en la Universidad Estatal de Campinas - Unicamp. Actualmente está coordinando el Programa de Postgrado en Economía y Desarrollo de la Universidad Federal de São Paulo. luciana.rosa@unifesp

Publicado
2019-02-25
Cómo citar
de Souza, L. (2019). Convergência universal na condução da política econômica: a utilização do tripé macroeconômico em algumas experiências latino-americanas. TRANSREGIONES, 1(1), 25-44. Recuperado a partir de https://revistatransregiones.com/ojs/index.php/RT/article/view/3